Luto pelo falecimento do fundador da OELA, Rubens Gomes

Publicado em 29/05/2020 | Por Fernando Coelho Jr. | 114 Views

Luto pelo falecimento do fundador da OELA, Rubens Gomes


. Uma notícia triste nesta sexta-feira, 29/5, em virtude do falecimento do ativista, músico e luthier, Rubens Gomes, 60, que morreu na última quinta-feira, 28, vítima de uma parada cárdio-respiratória.

. Rubão, como era popularmente conhecido, foi o fundador da Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (Oela), criada em 1998, para ajudar jovens em situação de vulnerabilidade social, do bairro Zumbi dos Palmares, na Zona Leste.

. Ao longo de mais de 20 anos, a Oela, além de formar, aproximadamente, 2.300 alunos, no ofício de luthier, passou a se dedicar as causas ambientais, transformando-se na primeira lutheria do mundo a trabalhar com madeiras amazônicas, certificadas com o selo FSC (Forest Stewardship Council) de cadeia de custódia, que acompanha todo o processo de beneficiamento da madeira.

Educação

. Ampliando a sua atuação junto às comunidades carentes, Rubão buscou parcerias que fizeram com que a OELA também passasse a atuar na área educacional, entre elas o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e o coletivo Coca-Cola. A organização oferece cursos de informática, preparação para o mercado de trabalho, curso de Libras entre outros.

. Além da atuação no Amazonas, Rubens fez com que a OELA expandisse as fronteiras, com um projeto no arquipélago do Bailique, no Amapá, trabalhando junto as comunidades daquela região, com a produção do açaí, de uma maneira sustentável, gerando oportunidade de renda para a comunidade.

. A organização também passando a atuar com o projeto Esporte Educacional e Sustentabilidade (ESS), patrocinado pela Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental, oferecendo práticas esportivas como taekwondo, remo e esportes coletivos, além de educação socioambiental para crianças e adolescentes do bairro Mauazinho, Zona Leste.

Saúde

. Em 16 de novembro de 2018, Rubens Gomes foi submetido a um transplante pulmonar na cidade de Porto Alegre (RS), e passou por um longo processo de recuperação, chegando a ficar um ano e oito meses distante de Manaus, para cumprir o Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

. Mesmo com todas as complicações de saúde, Rubens retomou o curso de luteria em 2019, após dois anos de paralisação das atividades. O novo projeto retornou com apoio da Brazil Foundation e patrocínio do Banco da Amazônia (Basa).

Projeção internacional

. Por conta do projeto social voltado ao ensino da lutheria, a OELA se tornou uma organização conhecida em todo o mundo, pelo trabalho social e também pela luta pela preservação do meio ambiente, conquistando vários prêmios por sua atuação.

. Em 2009, em visita a Amazônia, o herdeiro do trono britânico, o príncipe Charles de Gales, esteve em Manaus e conheceu pessoalmente o projeto.

. Rubens deixa a viúva Jessica Gomes, que é coordenadora geral de projetos da OELA. Ele não tinha filhos.

 

 

 

Deixe seu comentário

Pesquisa
Mais vistos
Festa surpresa!

Notas

Data: 18/11/2018 Por: Fernando Coelho Jr.

Festa surpresa!

Clicks do dia

Clicks do dia

Data: 18/10/2018 Por: Fernando Coelho Jr.

Clicks do dia

O Copa ferveu!

Notas

Data: 15/11/2018 Por: Fernando Coelho Jr.

O Copa ferveu!

Get together

Notas

Data: 21/05/2019 Por: Fernando Coelho Jr.

Get together

Topo