Prefeitura realiza ação de cidadania em comemoração aos 13 anos da Lei Maria da Penha

 

 

. Seguindo a programação alusiva aos 13 anos da Lei Maria da Penha, a Prefeitura de Manaus realizou na manhã de sexta-feira, 9/8, uma ação de cidadania para mulheres, ofertando diversos serviços e teatro móvel. O evento aconteceu na sede da Subsecretaria Municipal de Políticas Afirmativas para Mulheres, também conhecida, como Centro de Referência da Mulher (CRDM).

 

. A ação foi coordenada pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), em parceria com as Secretarias Municipais do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) e da Educação (Semed), com o objetivo de conscientizar a população para que denuncie todos os tipos de violência.

 

. “Nós desenvolvemos ações como esta para empoderar nossas mulheres manauaras. Essa semana é muito importante, pois reforçamos a luta contra a violência à mulher. Com orientações do prefeito Arthur Virgílio Neto e da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko, montamos uma programação com muito carinho para que o respeito possa prevalecer”, disse a titular da Semasc, Conceição Sampaio.

 

. Foram ofertados serviços de viabilização da certidão de nascimento, orientações sobre o Cadastro Único, emissões de carteira de trabalho e atendimentos jurídicos e psicossociais, além do embelezamento com design de sobrancelhas, manicure, maquiagem e limpeza de pele.

 

 . A ação contou também com a Cia. Realejo, que em parceria com a Magma Cultura, o projeto Força Meninas, e a empresa Uber Technologies, levou o Teatro Móvel, um caminhão com capacidade de receber 32 crianças por apresentação, que de forma lúdica apresentou temas contemporâneos.

 

 

. Para firmar o compromisso no combate à violência contra a mulher, a Prefeitura de Manaus, em parceria com o governo do Estado, montou uma programação alusiva ao dia 7/8, data de aniversário da Lei Maria da Penha. A programação, que será realizada no dia 16/8, conta com certificações de 52 mulheres que foram capacitadas nos cursos oferecidos pelo Executivo municipal, além da premiação dos alunos que participaram do segundo concurso de redação com a temática: “Basta de violência doméstica contra a mulher”.

 

Conteúdo

Categorias