quarta-feira, abril 24, 2024

Prefeitura convoca artistas, trabalhadores e fazedores de cultura para as rodadas de consulta e devolutivas da Lei Paulo Gustavo

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), anuncia a agenda e convoca os artistas para as reuniões setoriais da Lei Paulo Gustavo (LPG), cumprindo os compromissos em relação às consultas e devolutivas. As atividades ocorrerão no período de 20 a 23 de junho, na sede do Concultura, no centro da cidade.

O objetivo dessas reuniões setoriais é dar o retorno das questões e sugestões levantadas nas reuniões que aconteceram em março deste ano, que são chamadas de devolutivas, bem como serão discutidas as minutas dos editais da Lei Paulo Gustavo, e ainda a realização da Conferência Municipal de Cultura.

Para o diretor-presidente da Manauscult, Osvaldo Cardoso, esse é um momento importante para toda a classe artística e cultural, para os trabalhadores e fazedores de cultura. “Este é o momento para que todas as dúvidas sejam tiradas, e o papel da prefeitura é ajudar no fortalecimento de toda essa classe, e a Manauscult estará a disposição para apoiar, ajudar e contribuir nesse processo”, afirmou.

O presidente do Concultura, Tenório Telles, ressaltou que o conselho de Cultura trabalha de forma antecipada para implementar a Lei Paulo Gustavo.

“Desde o ano passado estamos realizando o processo de consulta pública e, agora, faremos mais uma rodada de devolutivas e consulta para afinarmos os detalhes para a elaboração dos editais que nortearão a participação dos fazedores de cultura. Desse modo, a Prefeitura de Manaus reafirma o compromisso de desburocratizar e contribuir para gerar oportunidade de trabalho e renda para os artistas de Manaus”, disse Telles.

A Lei Paulo Gustavo, que foi criada em plena pandemia, tem o objetivo maior de incentivar a classe artística e reaquecer a economia criativa, lembrou o presidente da Comissão da LPG pelo Concultura em Manaus, Neilo Batista.

“Mas, como houve a demora em ser operacionalizada e as discussões ampliadas no atual governo, o sentido e alcance da LPG tomou uma amplitude maior de inclusão social e acessibilidade aos deficientes físicos, além de atender as políticas afirmativas de raça, gênero e grupos sociais”.

Neilo conta que o instrumento da busca ativa nas comunidades urbanas e rurais para encontrar artistas em vulnerabilidade social, revelar talentos e os mestres da cultura que não têm registro profissional nas categorias reconhecidas, será uma das novidades que deverão ser atendidas nos editais.

Agenda

As reuniões vão acontecer na sede do Concultura, localizado no palácio Rio Branco, na avenida 7 de Setembro, s/n, na praça Dom Pedro II, no centro histórico.

A primeira reunião acontece na terça-feira, 20/6, às 18h, com os segmentos de Teatro e Circo, sob a coordenação do conselheiro Francis Madson, e Alan Gomes, conselheiro do segmento do Audiovisual.

No dia 21/6, às 19h, será a vez do segmento de Artes Visuais, com coordenação de Dudson Carvalho, conselheiro do segmento dos artistas visuais, e secretariado por Vilma Pessoa, conselheira representante da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Dia 21/6, às 19h, será direcionada à Cultura Popular, coordenada por Ricardo Moldes, conselheiro do segmento da Dança, e secretariada por Mônica Marques, conselheira do segmento de Cultura Popular.

Dia 21/6, às 19h, se reunirão no segmento de Música, coordenado por Ricardo Moldes, conselheiro do segmento da Dança e Aldemir Frank Botelho, conselheiro representante da Música.

Dia 21/6, às 19h, segmento de Dança, com    Ricardo Moldes, conselheiro do segmento da Dança e Fábio Mafra, conselheiro representante da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Dia 22/6, às 14h, Cultura Étnica, coordenada por Ludimar Nunes, conselheiro do segmento de Cultura Étnica e secretária Ricarda Galvão, conselheira representante da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef).

Dia 22/6, às 18h, Literatura, por Dori Carvalho, conselheiro do segmento da Literatura e      secretariado por Rayana Rodrigues, conselheira representante da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi).

No dia 23/6, às 18h, Audiovisual, com Allan Gomes, conselheiro do segmento do Audiovisual e Ana Darc do Concultura.

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias