quarta-feira, abril 24, 2024

Segunda récita de Anna Bolena acontece nesta sexta, no Teatro Amazonas

Sucesso de público na estreia, a montagem brasileira de Anna Bolena estará de volta ao palco do Teatro Amazonas, nesta sexta-feira (05/05), às 20h. A segunda récita da ópera de Gaetano Donizetti também poderá ser acompanhada além do teatro, com transmissão inédita e gratuita pela plataforma #CulturaEmCasa, que acumula usuários em mais de 170 países.

Segundo o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, a apresentação de Anna Bolena no 25º FAO é um marco na cena lírica nacional, ao assumir a posição de primeira montagem brasileira da ópera. Apolo acrescenta que, em todas as edições, o festival prioriza a escolha por obras de autores brasileiros, executadas por artistas nacionais e com a participação dos corpos artísticos do estado.

“O Festival Amazonas de Ópera interage e gera oportunidades de trabalho à classe artística local e nacional. O festival foi responsável pela formação do Coral do Amazonas e da Amazonas Filarmônica, que neste ano comemoraram também 25 anos, o jubileu de prata de dois corpos artísticos de grande representatividade no estado e no país”, pontua o secretário.

Baseada no livro italiano de Felice Romani, a ópera narra a vida da segunda esposa do rei da Inglaterra, Henrique VIII. Segundo o maestro da Amazonas Filarmônica, Marcelo de Jesus, a escolha do título é também uma homenagem aos 100 anos que completaria Maria Callas em 2023, já que ela foi uma das grandes intérpretes de Bolena no século XIX.

“O festival de novo fazendo história e homenageando essa grande cantora lírica, que revolucionou a arte do canto”, cita Marcelo de Jesus.

Anna Bolena é interpretada pela soprano Tatiana Carlos, acompanhada pelo Coral do Amazonas e pela Amazonas Filarmônica, sob a regência de Marcelo de Jesus, também diretor musical da ópera. André Heller assina a direção cênica, o figurino de época é de Melissa Màia e cenografia grandiosa de Renato Theobaldo.

Transmissão online

Além da ópera Anna Bolena, plataforma de streaming #CulturaEmCasa irá transmitir outros títulos do 25º FAO: “O Contractador dos Diamantes” (07/05); “Piedade” (24/05) e ‘Peter Grimes” (25/05). A iniciativa é o resultado da parceria entre os governos do Amazonas e de São Paulo, com a proposta de levar o festival a todos os lugares do mundo e dar oportunidade à população de acompanhar gratuitamente on-line.
A primeira plataforma cultural gratuita de vídeo sob demanda e streaming do Brasil, #CulturaEmCasa, foi criada durante a pandemia de Covid-19 e, se fixou de forma democrática, chegando aos seus três anos com mais de 8,2 milhões de visualizações, cerca de 4,8 milhões de usuários de 5,5 mil cidades e mais de 170 países diferentes.

Para informações sobre a programação, acesse @teatroamazonas. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Teatro Amazonas ou no shopingressos.com.br.

Bradesco e a cultura

Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. Além do Teatro Bradesco, o banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País.

São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros. O banco também mantém o Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às ações culturais que contam com o patrocínio da instituição. Visite em cultura.bradesco.

Foto: Márcio James

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias