sábado, julho 13, 2024

Passe Livre Estudantil é conquista histórica para os estudantes de Manaus

Uma iniciativa que mudou a vida de muitas famílias em Manaus. Ao completar 1.000 dias de gestão, a administração do prefeito David Almeida comemora os benefícios alcançados com a garantia do Passe Livre Estudantil aos estudantes da rede municipal. Desde que começou a vigorar, mais de 190 mil estudantes já têm acesso ao benefício, que apresentou resultado positivo na educação ao contribuir para a redução da evasão escolar.

Além dessa ação, a Prefeitura de Manaus, por intermédio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), avançou também nos investimentos feitos na renovação da frota de ônibus, em tecnologia, como ainda no uso de semáforos inteligentes, abertura de novas vias e construção de novos viadutos, mudando a vida da população para melhor na mobilidade urbana.

Quem é contemplado com o benefício do Passe Livre Estudantil sentiu a diferença. É o caso da comerciária Fabíola Valente da Silva, 29 anos, cuja filha de 13 anos, Agatha Luisa, estuda no 6° ano na escola municipal Vicente de Paula, no bairro Japiim.

“Gastávamos cerca de noventa reais todo mês com passagens de ônibus. Faz muita diferença, se colocar na ponta do lápis. Desde que começou o Passe Livre, nossa vida ganhou um salto de qualidade, porque minha filha tem até mais disposição para ir à escola. Com certeza, foi um benefício que mudou nossas vidas”, comemorou a comerciária.

Direito dos estudantes

Em vigor desde 2022, o Passe Livre Estudantil beneficia, atualmente, mais de 190 mil alunos matriculados nas escolas municipais e estaduais, resultando em um investimento de R$ 156 milhões, oriundos de convênio entre a Prefeitura de Manaus e o Governo do Amazonas, renovado no início deste ano. Somente no último mês agosto, foram registradas 1,6 milhão de passagens estudantis gratuitas.

Para o prefeito David Almeida, o Passe Livre é realidade e está sendo fundamental para os estudantes e o futuro da cidade. “Essa conquista é histórica. Pelo convênio com o Governo do Estado, dissemos sim aos alunos, uma medida entre tantas outras que melhoram o ensino. E garantimos aos nossos estudantes o direito de ir e vir da escola, o direito de estudar, reduzindo assim a evasão escolar. São vitórias e conquistas que merecem ser destacadas. Um direito dos estudantes esperado há décadas”.

Incentivo

As gratuidades no transporte público para estudantes da rede municipal também têm mudado o cenário das salas de aulas e a vida dos alunos. De acordo com o Centro Municipal de Atendimento Sociopsicopedagógico (Cemasp), coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), mais de 12 mil alunos que estavam afastados dos estudos retornaram às salas de aula apenas em 2022.

Outro benefício que o Passe Livre Estudantil trouxe aos serviços de transporte da cidade foi o combate a fraudes no uso das carteiras estudantis, por meio da biometria facial para identificar o uso indevido da gratuidade. De janeiro a agosto, foram flagrados 4.234 usos indevidos de estudantes que possuem o benefício da gratuidade e 6.247 de estudantes de meia-passagem.

“Estamos muito entusiasmados com as recentes mudanças na gestão do prefeito David Almeida. A introdução do Passe Livre Estudantil, aliado a outras medidas tecnológicas, representam uma verdadeira revolução no sistema de transporte público em nossa cidade. Nossa visão é garantir que cada manauara possa chegar ao seu destino de maneira rápida, segura e conveniente, especialmente, os estudantes que usam diariamente o sistema de transporte”, destacou o diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique Martins.

Uso do Passe Livre

O processo da gratuidade estudantil é gerenciado pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana e o procedimento das emissões das carteiras é realizado em parceria com o Sindicato de Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram).

A chefe da Divisão de Atendimento Social do IMMU, Jamily Campelo de Souza, alertou aos pais dos alunos da rede pública de ensino da educação infantil e os estudantes do ensino médio que o cadastro para garantir o benefício da gratuidade é feito automaticamente, via sistema eletrônico. “O mesmo processo é realizado para o recadastro. Para isso, os estudantes precisam ter a matrícula ativa na Central de Matrícula e as informações atualizadas”.

O Passe Livre Estudantil fornece a cada aluno até 44 passagens mensais gratuitas, não cumulativas, proporcionais aos dias letivos de presença exigida nas instituições de ensino. O número tem como base o calendário escolar das secretarias de educação municipal (Semed) e estadual (Seduc).

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias