sábado, maio 18, 2024

Balenciaga é a primeira grife a sair do Twitter após compra por Elon Musk

A Balenciaga se tornou a primeira grife a deixar o Twitter após Elon Musk comprar a plataforma por US$ 4 bilhões e gerar preocupações em relação à sua gestão. Outras grandes corporações, como a General Motors e Dyson, além de celebridades, como Gigi Hadid, já suspenderam campanhas publicitárias e contas após a aquisição do bilionário no fim de outubro.

. O anúncio foi feito no Instagram do diretor criativo da Balenciaga, Dmena Gvasalia. “A Balenciaga se tornou a primeira grande marca de moda a oficialmente deixar o Twitter após Elon Musk assumir a plataforma”, publicou o designer, que pede que os seguidores do antigo perfil sigam sua conta pessoal para mais informações.

. A grande preocupação de empresas e usuários gira em torno aos planos de Musk, como as demissões em massa e a ideia que defende como “liberdade de expressão”, que pode levar a menos moderação de conteúdo e tornar a rede mais propícia para a publicação de discursos de ódio e fake news.

. Em setembro, quando alguns anúncios foram vinculados a sites que promoviam links para pornografia infantil, ficou evidente os riscos potenciais da estratégia de Elon Musk. Também foram denunciadas uma série de contas falsas representando marcas e pessoas, depois que a plataforma passou a autorizar a compra de rótulos verificados – o famoso selo azul.

. Por mais que a relevância da rede social tenha diminuído nos últimos anos, o Twitter foi uma fonte relevante de negócios online para a Balenciaga, tanto que o diretor criativo da grife desencadeou conversas com designs e explorou os comentários em torno de seus lançamentos, a exemplo dos lançamentos mais comentados, como a famosa bolsa de saco de lixo. A conta da grife tinha cerca de 950 mil seguidores.

. A noticia saiu no badalado site Glamurama.

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias