sexta-feira, maio 17, 2024

David Almeida sanciona lei que institui como Patrimônio Cultural Imaterial de Manaus ornamentação de ruas durante a Copa

O prefeito de Manaus, David Almeida, sancionou a Lei nº 2.994/2022, que declara quatro ruas da capital amazonense como Patrimônio Cultural Imaterial do município, por conta da ornamentação realizada no período da Copa do Mundo. As vias contempladas pela lei são: 24 de Agosto, no Morro da Liberdade; Santa Isabel, no bairro Praça 14 de Janeiro, e Leonardo Malcher, no bairro Aparecida, as três  na zona Sul; e Professora Isaura Barroncas, Alvorada I, zona Centro-Oeste.

A publicação pode ser conferida na edição nº 5.492, do Diário Oficial do Município (DOM), da última terça-feira, 27/12. O Projeto de Lei, de autoria do vereador Ivo Neto, reconhece e estabelece a proteção do município, para que as ornamentações sejam perpetuadas e preservadas como um legado cultural para as futuras gerações.

O diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, explica que dentro das expressões culturais, uma das mais importantes e simbólicas são as imateriais, de grande relevância para o processo de autorreconhecimento social, autovalorização e projeção da comunidade.

“Essas quatro ruas da nossa cidade tornaram o nome de Manaus reconhecido mundo afora por conta das ornamentações realizadas durante a Copa do Mundo. E a Manauscult vem fortalecendo uma política de valorização e educação patrimonial, que inclui atrativos culturais de ordem material e imaterial, como o edital Ruas da Copa. Então, essa é uma iniciativa muito significativa, expressiva e de reconhecimento principalmente do cotidiano da sociedade e da cidade”, explicou o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira.

Estímulo à economia 

O grande fluxo de pessoas nos locais de transmissão dos jogos da seleção brasileira durante a Copa do Mundo FIFA 2022 gerou uma circulação positiva de R$ 2,2 milhões na economia local.

O volume financeiro foi calculado levando-se em consideração o público total presente nos locais das transmissões, estimado em mais de 90 mil pessoas, e o gasto médio de R$ 24,50 por pessoa, entre deslocamento e consumo, durante os eventos.

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias