sábado, maio 18, 2024

David Almeida destaca sucesso do réveillon de Manaus e investimentos no turismo de grandes eventos

O prefeito de Manaus, David Almeida, participou, na noite deste sábado (31/12), do Réveillon Sustentável “Manaus, Floresta Viva”, que reuniu mais de 100 mil pessoas no complexo turístico Ponta Negra, localizado na zona Oeste da capital amazonense. O evento, que deu as boas-vindas a 2023, contou com a organização da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), e voltou a ser realizado após dois anos devido à pandemia da Covid-19.

De acordo com o chefe do Executivo Municipal, a grande adesão de público, tanto no Réveillon Gospel, realizado na sexta-feira, dia 30, quanto no Réveillon de Manaus, neste sábado, só confirma como a população manauara estava ansiosa por grandes comemorações.

“Após dois anos sem este evento, a prefeitura resgata a autoestima da população inovando com o Réveillon Gospel, que foi realizado ontem, dia 30 de dezembro. Um evento que recebeu um grande público e, hoje, realizando uma grande festa de Réveillon em diferentes pontos da cidade para dar boas-vindas a 2023. Apesar da chuva, todos os pontos receberam um ótimo público e isso mostra como a nossa população estava com saudade destes grandes eventos”, enfatizou Almeida.

Realizado em três pontos da capital amazonense: shopping Philippe Daou, na zona Norte; orla do Amarelinho, na zona Sul; e no Complexo Turístico da Ponta Negra, na zona Oeste, o Réveillon de Manaus contou com a participação de artistas consagrados nacionalmente como a cantora Simone Mendes, ex-coleguinhas, e a sambista Joyce Cândido, além dos cantores locais Uendel Pinheiro, Oficial 80 e Guto Lima.

Nesta edição, a temática sustentabilidade foi escolhida como forma de passar um recado ao mundo sobre a importância de preservar a floresta amazônica e cuidar do meio ambiente, como salientou David Almeida

“Neste ano, decidimos abraçar o tema sustentabilidade como forma de mostrar ao mundo a importância de preservar e cuidar do nosso meio ambiente. Como nós somos a maior cidade da Amazônia, nós temos que dar o exemplo com ações efetivas.  Está sendo um Réveillon limpo, sem poluição, sem emissão de carbono. Todas as secretarias envolvidas na organização deste brilhante evento estão de parabéns e vamos continuar investindo na cultura para colocar Manaus na rota turística dos grandes eventos a nível nacional e internacional”, afirmou o prefeito.

Com mais de 10 minutos de queima de fogos, o Réveillon de Manaus entrará na história pela valorização dos artistas locais. O diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, lembrou que essa inclusão dos músicos da região nas grandes comemorações já virou uma marca da atual gestão municipal.

“Seguindo a orientação do prefeito David Almeida, novamente abrimos espaço para que os artistas locais participem de um grande evento realizado pela Prefeitura de Manaus. Foi assim no ‘Sou Manaus’ e o Réveillon da cidade contou com muitos artistas do estado que fizeram bonito em cima do palco e colocaram o público para dançar e cantar. É assim que trabalhamos aqui na prefeitura e temos certeza que o próximo Réveillon será ainda maior”, disse Alonso.

Participando pela primeira vez da festa de Réveillon na Ponta Negra, a serviços gerais Luciana Lopes admitiu que se surpreendeu com a organização do evento e agradeceu ao prefeito David Almeida pelo trabalho realizado na cidade.

“Achei maravilhoso o evento. Essa é a primeira vez que decidi comemorar a virada do ano aqui na Ponta Negra e estou achando sensacional a experiência. Espero que 2023 venha repleto de paz, amor, esperança e muito sucesso para toda cidade. Também agradeço ao prefeito David Almeida pelo trabalho de excelência que vem realizando na nossa cidade e que ele continue olhando para as necessidades da nossa população”, finalizou Luciana.

Transversalidade 

O Réveillon “Manaus, Floresta Viva 2023” foi um evento coordenado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), integrada com a comissão municipal formada pelas Secretarias Municipais de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), de Limpeza Urbana (Semulsp), Centro de Cooperação da Cidade (CCC), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e demais órgãos da Prefeitura de Manaus, que compõem a matriz de responsabilidade da operacionalização dos eventos, que permitiram que essas mais de 18 horas de evento, somando sexta-feira e sábado, dias 30 e 31, pudessem ser um sucesso.

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias