terça-feira, maio 28, 2024

Biblioteca tem programação especial no Dia do Quadrinho Nacional

No Dia do Quadrinho Nacional, comemorado nesta segunda-feira (30/01), a Biblioteca Pública do Amazonas, rua Barroso, Centro, recebe uma programação especial, que faz parte da quinta edição da Semana do Quadrinho Nacional de Manaus. A partir das 14h, artistas locais e de outros estados vão ministrar palestras e promover um bate papo sobre o mercado editorial que ganha cada vez mais espaço no cenário nacional e internacional.

A semana que celebra o quadrinho, como uma linguagem e expressão artística, recebe o apoio do Governo do Estado. Nesta edição, o evento se destaca com o lançamento do Prêmio Joaquim Melo, em homenagem ao saudoso Joaquim Melo, proprietário da Banca do Largo, local onde iniciou o projeto, em 2019.

O prêmio será representado por uma edição especial com as melhores histórias dos participantes, posteriormente publicada na plataforma de quadrinhos digitais Social Comics.

O secretário de cultura, Marcos Apolo Muniz, considera o prêmio justa homenagem a um grande incentivador de eventos culturais no Largo de São Sebastião, Centro da cidade.

“Assim como a Semana do Quadrinho Nacional de Manaus, outros eventos, como o Tacacá na Bossa, eram coordenados pelo Joaquim. Nada mais justo que homenagear alguém que sempre zelou pelo Largo de São Sebastião como um espaço democrático para receber diferentes manifestações literárias, culturais e artísticas”, ressalta Apolo.

Programação

Nesta segunda-feira (30/01), as atividades iniciam às 14h com a palestra “Quem são os quadrinistas do Amazonas”, ministrada pelos coordenadores do projeto de pesquisa do Programa Ciência da Escola (PCE).

No mesmo dia, às 15h, a programação contempla um bate papo com artistas e editores amazonenses e do mercado nacional, entre os quais, a colombiana Sindy Elefante; a editora amazonense, Sâmela Hidalgo; o editor da Zapata Edições de São Paulo, Daniel Esteves; o editor da Guará do Rio de Janeiro, Rapha Pinheiro e com o produtor cultural e roteirista amazonense Evaldo Vasconcelos.

Além de incentivar a leitura e a formação de novos quadrinistas, o projeto recebe, pela primeira vez, editores de outros estados, com o intuito de promover a troca de experiências, conhecimentos e divulgar os trabalhos de artistas locais.

“A proposta do evento é criar uma ponte entre os artistas locais e o restante do cenário nacional. O quadrinho brasileiro vem sendo valorizado internacionalmente, principalmente no mercado americano e europeu. Atualmente, o interesse vêm sendo nos quadrinhos produzidos na Amazônia”, revela Evaldo Vasconcelos, que também atua como organizador do projeto em Manaus.

A programação completa da Semana do Quadrinho Nacional Manaus está disponível no Instagram @semanadoquadrinho.mao

Foto: Divulgação

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias