sábado, maio 18, 2024

Artistas apresentam técnicas de desenho e esculturas com exposição em Parintins

Um passeio pelo município de Parintins pelos olhos de quem conhece cada particularidade do local, ruas e pontos turísticos. Esta é a proposta da segunda edição da exposição “Recordações”, que iniciou no último dia 13/03, na Galeria Jair Mendes, no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, unidade Parintins.

A mostra gratuita traz 24 obras produzidas com a arte do grafite, aguada de nanquim, colagem e técnicas mistas, assinadas por alunos do Núcleo de Artes Visuais do Liceu de Parintins. A primeira edição de Recordações aconteceu em 2016, e tinha o propósito resgatar cenários antigos da ilha (a 369 quilômetros de Manaus).

Segundo o coordenador do curso de desenho artístico da instituição, Josinaldo Mattos, a proposta da nova edição é revelar, por meio das artes visuais, a sequência do trajeto de quem desembarcava no porto da ilha Tupinambarana, mapeando ruas, edificações antigas e cenários.

“A chegada pelo Porto (de Parintins), tem a primeira rua da época; subindo mais um pouco tem o Cine Oriental, descendo tem a praça do Cristo Redentor, o Largo da Prefeitura, o Mercadão e outros locais”, revela Josinaldo, que também é o curador da mostra.

Ainda de acordo com Mattos, a nova formatação da montagem propõe um passeio pela cidade e gera maior interação com o público. Ele destaca ainda que muitos dos alunos que assinaram as obras em 2016, atualmente, seguem carreira artística.

“O Junior Fuziel é desenhista do Boi Caprichoso. Tem o Demerson, o Igor Viana, o Anderson Rodrigues, que faz parte do Conselho de Artes do Garantido, e muitos deles cursam ou cursaram a faculdade de desenho”, completa o coordenador.

O secretário de cultura, Marcos Apolo Muniz, ressalta o trabalho desenvolvido pelo Liceu voltado para o segmento artístico. “O Liceu, além de ser uma porta de entrada para muitos artistas, nas diversas áreas, é uma instituição que se dedica à formação dos profissionais, para que o talento caminhe junto com a qualificação técnica e a cultura se torne uma atividade rentável”, disse o secretário.

Esculturas

Ainda no Liceu de Parintins, na Galeria Vandir Santos, a exposição de esculturas “Karú Sakaibê – O Povo que vem da Terra”, de Patrick Colares, comprova, mais uma vez, o talento dos artistas parintinenses.

A mostra inédita tem a curadoria de Ericky Nakanome e reúne nove obras de indígenas e seres da floresta, esculpidas em argila com dimensões variadas. O acervo assinado por Colares foi contemplado no Edital Amazonas Criativo – Mostras e Exposições 2021, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Patrick é artista plástico, nascido em Parintins, que se destaca no cenário nacional, desenvolvendo esculturas grandiosas para o Festival Folclórico de Parintins, Ciranda de Manacapuru, Carnaval de Manaus e de São Paulo.

As exposições “Recordações” e “Karú Sakaibê – O Povo que vem da Terra”, têm entrada gratuita no Liceu de Parintins, avenida das Nações Unidas, Centro. A visitação segue até o dia 13 de maio nos seguintes horários: Segunda a sexta, das 8h30 às 11h e das 14h30 às 17h; e aos sábados, das 14h às 18h.

Foto: Eduardo Melo

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias