domingo, março 3, 2024

Nova pesquisa confirma David Almeida na liderança e aprovação de 80% na gestão

A pouco menos de um ano das Eleições 2024, nova pesquisa do Instituto Projeta, divulgada nesta segunda-feira (16/10), mostra o prefeito de Manaus, David Almeida, consolidado na liderança, com intenção de voto crescente: 22,45% na espontânea e 37,22% na estimulada. E a aprovação da administração pela população chega ao pico de 80%.

Em junho, o mesmo Instituto havia apurado 19,92% na espontânea e 36,93% na pesquisa estimulada para o chefe do Executivo municipal. Assim como na primeira pesquisa, David Almeida lidera em todos os cenários, de primeiro e segundo turnos.

O segundo colocado aparece com praticamente 20 pontos percentuais atrás do prefeito (2,82%), na espontânea e quase 8 pontos percentuais atrás de Almeida na estimulada (29,42%), segundo os números da nova pesquisa.

Nos cenários de segundo turno, David Almeida ganha em todos os embates simulados ao eleitor: David 49,64% x Amom 41,57%, David 61,35% x Menezes 20,81%, David 66,51% x Roberto Cidade 15,34% e David 66,51% x Capitão Alberto Neto 15,34%.

REJEIÇÃO

Outro indicador favorável ao prefeito de Manaus, captado pela segunda pesquisa Projeta neste ano, foi a redução da rejeição, que já era pequena. Caiu de 7,72% em junho para 7,40% agora em outubro. No mesmo intervalo, a de Amom, por outro lado, praticamente dobrou, de 4,23% para 7,67%, portanto agora maior que a do próprio prefeito.

APROVAÇÃO CRESCENTE

Os números positivos na intenção de voto de Almeida refletem a também crescente aprovação da gestão dele, que chega ao terceiro ano de mandato e com grandes obras para entregar à cidade neste final de 2023.

Em junho, aqueles que classificaram a administração municipal como boa e ótima somaram 49,3%, indicador que subia para 82,92% considerando o conceito regular. No estudo de agora, bom e ótimo chegam a 50,98% e a 85,88% com o regular.

METODOLOGIA

O Instituto Projeta ouviu, presencialmente, 1.955 eleitores nesse mês de outubro, considerando todos os critérios estatísticos do eleitorado da capital amazonense, com relação, por exemplo, a gênero, faixa etária, escolaridade e renda. A margem de erro é de 2,22%, com índice de confiabilidade de 95%.

Fonte: Avante-AM

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias