terça-feira, maio 28, 2024

Prefeitura realiza o espetáculo ‘Lendas’ em comemoração dos 20 anos de existência do grupo musical Curumim na Lata

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou, na noite desta sexta-feira (10/11), o espetáculo “Lendas” em comemoração aos 20 anos de existência do Grupo de Percussão Alternativa Curumim na Lata, no auditório do Centro Municipal de Arte-Educação (Cmae) Aníbal Beça, localizado no bairro São José 3, zona Leste.

O grupo tem como objetivo aprofundar as possibilidades de criação dos alunos do curso de percussão por meio da experimentação de alternativas sonoras, a partir do reaproveitamento de materiais recicláveis, trabalhando a preservação do meio ambiente e ampliando possibilidades para a sustentabilidade no planeta, baseia-se na linguagem musical como ferramenta pedagógica no desenvolvimento artístico, cognitivo, emocional e estético do aluno no processo ensino-aprendizagem como um todo.

“O grupo representa algo de muito bom para o centro de artes Aníbal Beça, pelo fato de trazer a proposta da educação ambiental aliada à educação musical, mas também leva para as escolas da vizinhança, principalmente para as escolas municipais, a proposta dessa educação ambiental, do respeito que o aluno tem que ter com o meio ambiente, da questão da sonoridade, da música, além de tudo facilita o entendimento da matemática, por meio das notas musicais, enfim. E tem todo um trabalho pedagógico que é desenvolvido no grupo também”, frisou o coordenador do Cmae Aníbal Beça, Jorge Farache.

História 

Nesta caminhada cultural, várias apresentações pedagógicas musical e artística consolidam a proposta de sustentabilidade ambiental na cidade de Manaus do grupo Curumim na Lata, contando com a parceria de empresas e da comunidade em geral.

O grupo já se apresentou no Teatro Amazonas, no anfiteatro da Ponta Negra, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), em encontros nacionais e internacionais de música ocorridos em Manaus, e teve até um curta-metragem contando sua trajetória escrito no festival de cinema Student World Impact, apresentado no Canadá com a participação de outros 120 países.

O fundador e idealizador do grupo é o professor Carlos Valdez. Para o educador musical, sua maior satisfação é ver a transformação da vida dos alunos que estão e que passaram pelo projeto ao longo de 20 anos.

“Minha maior satisfação é ver a transformação das crianças e adolescentes. Ver alunos envolvidos em coisas boas, ex-alunos que passaram pelo grupo fazendo faculdade, formando-se em música. Exemplo disso, é que um dos produtores musicais desse espetáculo de hoje estuda música na UEA (Universidade Federal do Amazonas). Ou seja, temos muita coisa para comemorar mesmo, principalmente porque conseguimos ao longo destes 20 anos transformar a vida de pessoas da periferia, seja no aspecto humano, pessoal e até profissional”, disse Valdez.

Segundo o ex-aluno Adailson Silva, o grupo Curumim na Lata foi o princípio de tudo na sua vida musical e profissional. “O curumim foi o princípio de tudo, foi onde eu comecei, onde descobri princípios básicos da música, onde aprendi ritmo e a ler partitura. E posso dizer que o Curumim na Lata foi uma vitrine, uma oportunidade para eu perceber que de fato o que eu queria era ser músico profissional”, afirmou.

Há alunos também que entraram no projeto musical este ano e que já tem algo positivo a dizer sobre, como a pequena Ester Silva, de 10 anos, estudante do quarto ano, na escola municipal Honorina de Vasconcelos.

“O grupo me ajudou a conquistar um sonho que tinha há algum tempo, que era aprender música. E me sinto super realizada e bem no grupo, por isso pretendo aproveitar o máximo possível tudo o que o curumim pode me oferecer”, concluiu Ester.

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias