segunda-feira, abril 22, 2024

Em cinco meses, Temporada de Cruzeiros 2023/2024 gera quase R$ 65 milhões de receita para Manaus

Com a chegada de oito navios transatlânticos da “Temporada de Cruzeiros Manaus 2023/2024” e com 8.107 turistas e 3.835 tripulantes, no período de outubro de 2023 a fevereiro de 2024, a economia local recebeu injeção de R$ 64,8 milhões em receita de turistas e despesa portuária. Até o fim da temporada, em abril deste ano, o valor deverá superar R$ 138 milhões. A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), tem uma participação importante na Temporada de Cruzeiros, desde a recepção dos  navios, com informações e roteiro turísticos.

O último navio do mês de fevereiro, Silver Nova, vai atracar no porto de Manaus no dia 26/2, com 1.284 turistas e tripulantes, os quais vão deixar R$ 7 milhões na economia local.

O diretor-presidente da Manauscult, Reginei Rodrigues, reforça o esforço da Prefeitura de Manaus para colocar a cidade na rota dos destinos turísticos, bem como em um novo caminho para a economia. “Desde o início da gestão, os investimentos no setor turístico são visíveis para a população. A meta é que o turismo seja um novo caminho para a economia da capital amazonense e nós temos um potencial enorme para isso. Nossa participação nas maiores feiras do setor tem trazido resultados positivos”, defendeu.

De acordo com a vice-presidente da Manauscult, Oreni Braga, faz parte da administração municipal, a divulgação da Marca Manaus no mercado turístico, a qual tem trazido resultados inéditos, como o destaque para a cidade ter sido a única capital brasileira a fazer parte da lista dos 50 melhores lugares para visitar em 2024, classificada na Best in Travel 2024, da Lonely Planet, publicação especializada em viagens ao redor do mundo. Manaus ficou no top 10 das 50 cidades listadas.

“Estivemos, desde 2022, nas principais feiras de turismo no Brasil e publicamos anúncios e matérias sobre Manaus, nos principais veículos especializados em Turismo, em vários idiomas, dialogando com os tomadores de decisão na venda de pacotes turísticos, com as companhias aéreas e com os principais formadores de opinião no setor”, pontuou a vice-presidente.

Ainda estão previstos sete transatlânticos da Temporada de Cruzeiros para o mês de março e dois no mês de abril, encerrando a temporada 2023/2024.

Com a estratégia de atrair turistas do mundo inteiro, e tornar o turismo como mola propulsora da economia, a Prefeitura de Manaus, além de envolver diversas secretarias nessa missão, já investiu quase R$ 268 milhões em ambientes turísticos, que estarão qualificando a “Capital da Amazônia”, com atrativos inéditos.

Atrativos

Uma das primeiras entregas da atual gestão foi a Casa de Praia Zezinho Corrêa, na Ponta Negra, equipamento gerido pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi).

As obras do mirante Lúcia Almeida, no centro da cidade, empreendimento gerido pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), estão a todo vapor e fazem parte do programa “Nosso Centro”.

O “Nosso Centro” conta, ainda, com outras obras neste conjunto, o inédito largo de São Vicente, que está sendo criado no território, com mais de 2 mil metros quadrados; o casarão Thiago de Mello, na rua Bernardo Ramos, e o píer turístico, uma estrutura inédita para Manaus, que está em construção em um estaleiro da cidade e vai compor o mirante Lúcia Almeida. O píer será uma estrutura gigante de atracação de embarcações de pequeno e médio portes, voltado para o trade turístico e de pacotes fluviais no Centro e entorno.

Além disso, a prefeitura ainda trabalha o maior parque da capital, o parque Amazonino Mendes, entre as zonas Norte e Leste da cidade, e o parque Encontro das Águas Rosa Almeida, no bairro Colônia Antônio Aleixo.

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias