sexta-feira, maio 17, 2024

Com presença do prefeito, Manaus fecha 7ª etapa do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Manaus Esporte (FME), concluiu com êxito a realização da primeira competição internacional como “Cidade Sul-Americana do Desporto” de 2024. Nesse domingo (7/4), foi encerrada a 7ª etapa do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia, no complexo turístico Ponta Negra, com vitória da Argentina em ambas as categorias.

Promovida pela Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), a competição começou na última sexta-feira (5) e contou com atletas representando oito países do continente, com duplas masculinas e femininas.

O prefeito David Almeida prestigiou as finais e exaltou mais uma etapa importante para o esporte local. “O evento faz parte das exigências do caderno de encargos do Comitê Europeu sobre a Cidade Sul-Americana do Desporto. A Argentina foi a grande campeã e, com isso, Manaus mostra para o Brasil e o mundo que está preparada para grandes eventos, e eu tenho certeza de que nós vamos continuar fomentando o esporte, para, assim, dar ao público manauara perspectivas melhores, para que a gente possa praticar o desporto”, celebrou.

A dupla campeã entre os homens foi formada por Amieva e Bueno. Entre as mulheres, as argentinas Gallay e Churin também subiram ao lugar mais alto do pódio. O segundo lugar ficou com Hannibal e Llambias, do Uruguai, no masculino, e Chris e Fabi, do Chile, no feminino.

“Estamos muito felizes. Havia muita unidade, estávamos nos acostumando ao calor. É a minha primeira medalha de ouro. Tanto esforço e, no final, são os frutos. E, agora, é comemorar ao máximo”, comemorou o atleta argentino Maciel Bueno.

Como anfitrião, o diretor-presidente da FME, Aurilex Moreira, destacou toda a estrutura que recebeu atletas de alto nível do continente, como uma forma de evoluir também a modalidade na cidade e no país.

“Acho que todas as expectativas criadas pela Confederação Sul-Americana foram atendidas, caderno de encargos do evento todos cumpridos e, graças a Deus, Manaus entra de fato em um cenário de eventos internacionais pela capacidade que tem, também por questão ecológica, uma arena montada ao lado do maior rio do planeta. Então ficamos muito contentes, felizes de poder estar retribuindo a confiança que nos foi dada, entregando um evento genial”, afirmou.

Satisfeito com a condução de todo o processo, Marcelo Wangler, diretor-executivo da CSV, rasgou elogios à organização e agradeceu a parceria da Prefeitura de Manaus, que se portou como “Cidade Sul-Americana do Desporto” e ofereceu todo o suporte para a competição internacional.

“Etapa maravilhosa, todos os atletas gostaram muito da montagem, da areia, da hospedagem, da alimentação, eles receberam as melhores condições para poder realizar o melhor trabalho na quadra. Sem o apoio da prefeitura, isso não ia acontecer. Então só temos a agradecer à Prefeitura de Manaus por todo esse apoio, pelo esforço que está fazendo, que é um evento internacional com muitas exigências”, disse Marcelo Wangler.

Matérias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Últimas Notícias